Ser empreendedor é…


Atualmente, um negócio para ter sucesso precisa contar com muito mais recursos do que os empreendimentos de duas décadas atrás. Entre outras coisas, uma boa análise de mercado somada a um bom gerenciamento e monitoramento de seus números. No caso dos pequenos negócios, essas atividades estão geralmente sob responsabilidade do dono, que deve tomar as decisões sobre seu negócio, cada vez mais rápidas e com maior eficácia para sobreviver.

O desenvolvimento dos pequenos negócios é um fenômeno mundial recente e a maioria dos países que estudam e investem nesta área reconhecem a importância do papel exercido pelo dono da empresa como um empreendedor. Assim, é importante entendermos o que vem a ser o empreendedor.

A cultura do Brasil é do empreendedor espontâneo. Ele só precisa de estímulo como uma flor precisa de sol e um pouco de água para brotar na primavera. O Brasil está sentado em cima de uma das maiores riquezas naturais do mundo, ainda relativamente pouco explorado: o potencial empreendedor dos brasileiros.

O Brasil é atualmente um dos países onde poderia haver uma grande explosão empreendedora. Só os brasileiros têm poder para que isso aconteça.. (Louis J. Filion, especialista canadense em empreendedorismo).

É cada vez maior a importância da micro, da pequena empresa e de trabalhadores autônomos na economia dos países. Este fenômeno vem gerando uma necessidade das pessoas se prepararem para entrar no mundo dos negócios, pois é necessário mais que dinheiro e sorte para concretizar sonhos de sucesso. Para quem decide tocar uma atividade empresarial, o dinheiro é importante, sem dúvida; a sorte, como espécie de acaso favorável, pertence ao terreno místico e das crendices, e como tal não deve orientar decisões. Que importa, de resto? Conhecimento, capacidade, vocação e disposição para aprender.

Eis algumas características do comportamento empreendedor, conforme pesquisas realizadas com este fim:

– Busca de oportunidades e iniciativa;

– Persistência;

– Correr riscos calculados;

– Exigência de qualidade e eficiência;

– Comprometimento;

– Busca de informações;

– Estabelecimento de metas;

– Planejamento e monitoramento sistemático;

– Networking;

– Independência;

– Autoconfiança.

Ah, e não pode se esquecer de trabalhar muito e gostar do que faz, pois quem faz o que gosta, nunca trabalha na vida. Pense nisso.

E vale lembrar que se você tiver alguma dúvida sobre marketing, vendas, fidelização de clientes e negócios em geral, me mande um e-mail. Sua dúvida pode ser a dúvida de outras pessoas e ainda pode acabar aparecendo aqui no site.

Grande abraço e sucesso!!

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: