Os 7 hábitos das pessoas altamente eficazes – Parte II

O 3º hábito diz: “Primeiro o mais importante”. Podemos ver isso como ter organização do nosso tempo. Aí te pergunto: você sabe a diferença entre o importante e o urgente?

O importante é algo que deve ser feito, e o urgente é algo importante que não foi feito quando deveria ter sido feito, e por isso virou urgente. Quantas pessoas você conhece que vivem “apagando incêndios”, sempre correndo e resolvendo coisas urgentes?

Não estou dizendo que elas deixaram de fazer algo importante, até porque eventos inesperados acontecem. Mas a chance dessas pessoas terem “empurrado com a barriga” alguma coisa, é grande.

Sempre ouvi que primeiro devemos cumprir nosso dever para depois termos o lazer. É uma forma interessante de se pensar. Mas cada cabeça é uma sentença.

Já o 4º hábito eficaz diz respeito a procurar sempre uma relação Ganha/Ganha. Como assim?

Antigamente (e até hoje, vai) em uma negociação, em uma venda ou em qualquer outra situação, uma das partes envolvidas sempre queria ganhar mais do que a outra parte. Isso deixou de ser uma prática bem vista pelo mercado. Hoje, um negócio tem que ser bom para todos os envolvidos.

Não adianta uma pessoa querer ganhar muito mais em uma relação, em uma negociação, etc, do que a outra parte. Ela pode até conseguir, mas as chances dela conseguir negociar com a parte “derrotada” novamente diminui consideravelmente.

O princípio Ganha/Ganha abrange cinco dimensões interdependentes da vida: caráter, relacionamentos, acordos, sistemas e processos. O caráter envolve características de integridade; maturidade, que é o equilíbrio entre a coragem de expressar seus sentimentos e a consideração pelos outros; e mentalidade de abundância que diz haver o bastante para todos.

Nos relacionamentos ambos os lados acreditam um no outro e estão profundamente comprometidos com o Ganha/Ganha. Os acordos requerem os cinco elementos: resultados desejados, orientação, recursos, administração e conseqüências.

Acordos Ganha/Ganha somente sobrevivem em um sistema que sustentem estes cinco elementos. Você não pode falar em Ganha/Ganha e recompensar com Ganha/Perde.

Para se obter soluções Ganha/Ganha é necessário um processo de quatro fases: (1) ver o problema do ponto de vista do outro, (2) identificar as questões-chave e as preocupações envolvidas, (3) determinar os resultados aceitáveis, e (4) identificar as novas opções possíveis para atingir esses resultados.

Grande abraço e sucesso!

Anúncios
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: